abolidor:

☯
+
Esse é o lado ruim de escrever, as pessoas irão te ver como alguém que as pode entender, e muitas vezes, você não irá querer dizer nada além do que está escrito. Eu costumo ser intolerante com quem tenta descarregar o fardo sobre mim. As mesmas histórias me cansam, e as pessoas raramente me acrescentam algo novo. É o mesmo pensamento ilhado sobre o que fazer com o lixo. Devem ter esquecido como se reciclar, não aprendem nunca a transformar seus corações de lata em algo que não polua o mundo. Tenho vontade de gritar nos ouvidos que sou apenas uma pessoa comum em um apartamento bagunçado, que se arrasta sobre os próprios medos. É duro ter que aceitar que a maior parte das pessoas que irão cruzar nossas vidas, serão totalmente previsíveis. Gosto de quem me faz gostar, surpreendendo do jeito que é. Existem aqueles que são como uma tocha que se acende no momento certo, iluminando as nossas vidas e aquecendo as nossas almas. Já outros, inflamam a qualquer momento, tentando se mostrar úteis, e nem percebem que estão fazendo do mundo o seu cinzeiro.

Sean Wilhelm. (via revejo)

+
O correr da vida embrulha tudo; a vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem. Ser capaz de ficar alegre e mais alegre no meio da alegria, e ainda mais alegre no meio da tristeza…

Guimarães Rosa (via autorias)

+
Me dê notícia de você
Eu gosto um pouco de chorar
A gente quase não se vê
Me deu vontade de lembrar.

Chico Buarque.  (via navepoetica)

»